Você sabia que se concentramos muito nossa atenção em algo, isso, para nós, ganha uma proporção maior? Isso geralmente acontece com coisa bem pequena, já prestou atenção? Por exemplo, estou irritada porque alguém na sala de aula não para de ficar batendo as canetas na mesa, e o barulho me irritada, sabe? Então, eu me concentro nisso. Aliás, estou de saco cheio. O que acontece? Eu deixo de prestar atenção na aula, por uma bobeira. E se o barulho me incomoda tanto, eu posso pedir pra pessoa parar. Caso, a pessoa não pare, posso tentar desviar a minha atenção disso ao invés de ficar gastando minha energia com uma situação assim.

Entendeu como é simples? Eu não preciso alimentar em mim, a irritação.

Precisamos estar atentos ao que regamos dentro de nós. Se eu rego ódio, produzo frutos de ódio para comigo, e para com os outros. Em Mateus 15:19 diz "Pois do coração vêm maus pensamentos, homicídio, adultério, imoralidade sexual, roubo, mentiras e calúnias." a tradução da bíblia é NVT.
Nosso coração é uma porta, a qual nós temos o poder de impedir que algo ruim, entre. Quando impedimos, estamos nos blindando do mal. Porque, ainda que agora não produza frutos bons, nem ruins, adiante produzirá, de acordo com a semente plantada. Tudo tem seu tempo.

Entender a importância de onde colocamos o nosso foco é essencial. Perceber o que eu rego, o que eu coloco água todos os dias para que cresça é fundamental. Vamos juntas, olhar bem, olhar com atenção para o que há dentro do nosso coração. Para o Senhor, somos preciosas. Não só nós, os meninos também. Para Deus, todos somos especiais, e como tal, devemos regar apenas plantinhas que dão frutos bons. É um desafio diário? É um desafio diário. Somos capazes? Somos capazes.


Regar: transitivo direto
                  aguar, molhar por irrigação ou aspersão.



Vitória.

(eu não sei exatamente o que virá desse texto, na verdade estou ouvindo as músicas da banda Passenger, e pensando em tudo. como sempre)

Bom, 2017 está sendo um ano meio "hum ok". Um ano bom, com certeza. Mas "hum, ok". Todo ano novo eu faço uma listinha de metas. E eu olhei algumas vezes as minhas metas pra esse ano e adivinha: nada aconteceu. Nada. E sabe qual é o pior disso? É que eu fico assim:


Eu vejo que algo não deu certo e dói, sabe?! Mas, não me surpreende. No processo pra algo dar certo, eu penso positivo, e evito pensar o que fazer caso dê tudo errado, porque eu nem gosto de pensar que pode dar errado. Mas, chega um momento que eu me preparo, exemplo: "ah se der errado é normal né. bem normal rsrs". E aí quando o que eu queria tanto, dá errado, eu já me conformo, depois de toda a dor e choradeira. Levanto e luto novamente. 

Porém, as vezes, tem coisas que a gente acaba pensando "olha, desisto!!!" e mesmo que você não quer desistir, parece que não importa o que você faça, NÃO VAI DAR CERTO. Então, você fica naquele impasse "nossa será que não É PRA DAR CERTO? será que é pra EU DESISTIR DISSO, MESMO EU NÃO QUERENDO DESISTIR?"
Com certeza muitas pessoas passaram e passam por isso todos os dias. Gente, dó muito né?!

Além disso, eu vejo que esse pensamento não é culpa minha totalmente. Porque poxa, eu vivi coisas que me deixaram assim, e mesmo acreditando que tudo vai dar certo, as coisas especificas que eu quero, como realizar um sonho, eu não consigo. E cara, passa tanta, mas TANTA coisa pela minha cabeça que eu entendo tudo por uns 15 minutos e o resto do dia não entendo mais nada! Mas é aí que entra o tal do "nada acontece por acaso". 

Eu continuo acreditando que tudo acontece por um motivo. Tudo que acontece na nossa vida nos leva a tal lugar, que posteriormente nos leva a outro e quando vemos TCHÃRÃ: uma coisa muito maior do que planejamos, acontece. E aí eu vejo como Deus sempre esteve presente em tudo. Na dor e na alegria. Só é ruim que, no momento do tal sofrimento, não conseguimos ver nada além da nossas próprias lágrimas porque elas tampam nossos olhos. Só é ruim que no momento do tal sofrimento, ficamos tão ocupados vendo o lado negativo, que a nossa visão limitada não nos permite ver além do momento atual. E isso é normal, de uma certa forma. Mas, é necessário que não deixemos essa "normalidade" tomar conta de toda situação sempre. É imprescindível que saibamos que, sempre, sempre mesmo, uma coisa melhor acontecerá.


Te faço um breve convite: ouça os gritos de esperança que sua alma dá e confie neles. Confie que, embora no momento você não entenda nada (e eu também não), as coisas ainda vão se ajeitar e veremos o porque tal coisa aconteceu de tal forma. Sabe, a vida tem um senso de humor mais aflorado que nós. Aquela frase manjada "A esperança é a única que morre" é a coisa mais real desse mundo, meus bebês. Nós podemos até nos afogar nas águas da vida, mas não morreremos. Tudo é muito temporário.

Esse texto é sobre o que eu estou vivendo no momento. Fui honesta em cada palavra. Se você estiver passando por uma situação parecida, pode chorar, se descabelar, comer sorvete e assistir filmes tristinhos. Mas, não pra sempre. É um momento ruim. Não uma vida ruim. (já li algo parecido em algum lugar, não sei a fonte) Você tem força. E principalmente a força de Deus. Que é maior que qualquer problema. Você não está sozinha. Vai passar, tá?! É sério. 



Vitória.
Olá pessoal!

Eu preciso dizer uma coisa muito importante. Mas é muito importante mesmo.

Jesus vive. Ele vive! Ele não está morto. Ele está aqui, agora. Enquanto eu escrevo. Enquanto você lê. Se Ele está vivo, isso significa que: a luta não acabou


Em João capítulo 11 está escrito:


Disse-lhe Jesus: "Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente. Você crê nisso? "
João 11:25-26


Se Jesus está vivo, a minha vida e a sua ainda tem solução. E mais, se ainda há solução, é porque Ele é a própria solução, Ele é a própria resposta. Se Ele está vivo, ainda há esperança. Mas, meu amigo, se pra mim e pra você, Ele está morto, eu sinto muito. Nada florescerá. Ele é o Jardineiro dos nossos jardins, logo, Ele é o responsável por nós. E se vivermos como se Ele estivesse morto, não há a quem recorrer. Não há pelo quê viver. Porque uma vida sem Jesus, é uma vida vazia. 

Hoje de manhã, eu estava lendo Salmos 8:3-4 e fiquei encantada: 


Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que ali firmaste,
pergunto: Que é o homem, para que com ele te importes? E o filho do homem, para que com ele te preocupes?
Salmos 8:3-4

A primeira coisa que eu pensei foi o quanto eu realmente acho o céu, a lua e as estrelas maravilhosos. Depois eu pensei "nossa, nós somos tão pequenos e pecadores e Jesus se preocupa tanto com a gente". E é isso mesmo, afinal, quem deu a própria vida por nós? Ele, Jesus não renunciou a nossa vida por amor da própria vida. Pelo contrário, Ele renunciou a vida dEle, por amor a nossa, e isso muda tudo. Não tem como eu saber disso e não refletir. Aliás, uma vez que eu conhecer Jesus, tudo muda. 



Hoje eu te convido a conhecer Jesus. A conhecer nosso Pai, de perto. Bem pertinho mesmo. Chegar perto do coração dEle e ver que o Amor que Jesus sente por nos é real. E o que Ele mais quer, é que você desfrute desse amor. Se você está pensando como fazer isso, é simples. Converse com Jesus, senta na sua cama e diga: Deus, eu quero te conhecer. Não como quem houve falar de algo bom, mas como quem experimenta algo bom e não consegue mais viver sem. Te peço pra se revelar a mim Jesus. Minha vida e meu coração estão abertos para Ti.



Pronto, agora Ele tem a sua permissão. Ele vai cuidar de tudo. Só confia e continue a conversar com Ele em seus dias. 



Estou indo, beijinhos! ♥

Curte aí...

Quem sou eu

Minha foto

Oláaa, eu tenho um blog e um canal no YT, lá eu falo um pouco das coisas que eu gosto ♥
Tecnologia do Blogger.

Perfil no google +

Sobre mim

Sobre mim
Vitória, 19 anos. Cristã. Apaixonada por bibliotecas, fotografias, música, sonhos, vento, coberta e um chá quente. Ah, ela ama cachorros também! Interessada em maquiagem, moda, filme, seriado, e pelo seu mundinho mágico.

Pesquisar este blog

Postagens populares

Pages

Followers